Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Registro de Qualificação em Estimulação Transcraniana (apostilamento)

Publicado: Terça, 29 de Maio de 2018, 17h28 | Última atualização em Sexta, 21 de Dezembro de 2018, 17h16 | Acessos: 711

Para anunciar e exercer a prática profissional das técnicas de Estimulação Transcraniana, o fisioterapeuta deverá obrigatoriamente realizar o apostilamento junto ao Crefito. Este procedimento é aplicável somente aos fisioterapeutas que possuem formação específica.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS:

-Requerimento
-Termo de Responsabilidade (Somente aos profissionais que desejem autorizar o envio da documentação pelos Correios. Caso não encaminhe este Termo, a documentação deverá ser retirada na Sede de Curitiba); 

-Cópia Autenticada do Certificado de conclusão de curso de suporte básico de vida (BLS) ou equivalente.
-Cópia Autenticada do Certificado de curso de formação na(s) técnica(s) de estimulação transcraniana.
-Cartão de Identidade Profissional (original);
-Carteira de Identidade Profissional - tipo livro (original);
-Cópia simples do comprovante de pagamento.

Observações:
-Somente depois de efetuado o registro de qualificação em estimulação transcraniana, poderá o fisioterapeuta, exercer a prática profissional e anunciar, pelos meios eticamente permitidos, o conhecimento científico-profissional da técnica;
-Os certificados de conhecimento específico deverão ser emitidos por Instituições de Ensino Superior, Instituições credenciadas pelo MEC, ou Entidades Científicas Nacionais da Fisioterapia relacionadas às técnicas, e ainda constar a carga horária mínima especificada pela Resolução Coffito 434/13 (30 horas para ETCC, 60 horas para EMT usada para avaliação e 60 horas para EMT usada em tratamento (EMTr), sendo 60% dos cursos de atividades práticas).

Taxas:

-2ª via de cédula R$ 31,00.

O boleto pode ser solicitado pelo formulário (envio em até um dia útil) ou pelo telefone 0800 645 2009 (envio imediato);

Base legal:

Acórdão Coffito nº 378/14 

Resolução Coffito 434/13

Fim do conteúdo da página