Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

CREFITO-8 realiza Plenárias Itinerantes em Londrina e Maringá

Publicado: Quinta, 31 de Outubro de 2019, 17h47 | Última atualização em Quinta, 07 de Novembro de 2019, 11h56 | Acessos: 89

As Plenárias Itinerantes estão sendo realizadas em várias cidades no interior do Estado. Londrina foi a primeira a sediar a reunião, seguida por Maringá. Confira o que foi discutido e onde serão as próximas.

As Reuniões Plenárias do Crefito-8 são realizadas mensalmente e contam com a participação dos membros da Diretoria e membros efetivos do Colegiado (quórum mínimo de 2/3 de seus membros, para cada caso). São sessões públicas, divulgadas no site do Conselho e, a partir de setembro, passaram a acontecer em outras cidades espalhadas pelo Estado, e não somente na sede em Curitiba.
A cidade de Londrina foi a primeira a sediar a Plenária Itinerante do Crefito-8, realizada no dia 28 de setembro, na Universidade Estadual de Londrina. Dentre os assuntos da pauta, estavam a criação de duas Delegacias do Crefito-8 no interior do Estado, uma em Guarapuava e outra em Foz do Iguaçu, a Descentralização do Departamento de Registro do Conselho  e o Projeto Crefito Jovem, ainda em fase de apreciação.
A Comissão de educação do CREFITO-8, representada nessa reunião pelo Dr. João Eduardo Vieira, um de seus membros, apresentou o relatório das atividades realizadas no período de junho a setembro desse ano. Criada com o objetivo de desenvolver estratégias e ações para melhorias na qualidade do ensino em Fisioterapia e Terapia ocupacional, a Comissão organizou a 1ª Audiência Pública do Crefito-8 sobre a Qualidade do Ensino em Fisioterapia e Terapia Ocupacional; reuniu-se com o Superintendente Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Dr. Aldo Bona, para discutir a Lei Geral das Universidades, no âmbito das Universidades Estaduais do Paraná; está elaborando a Normatização de Parâmetros Assistenciais em Fisioterapia e Terapia Ocupacional voltados ao atendimento no Centro Hospitalar de Reabilitação e está participando ativamente da Comissão de Educação do COFFITO e nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASFs) do estado do Paraná.
Além disso, a Dra. Patricia Rossafa Branco, Presidente do Crefito-8, expôs a aproximação do Conselho com a Prefeitura de Curitiba e a visita ao Prefeito Rafael Greca, junto aos membros da Associação de Pais e Amigos dos Patinadores Artísticos de Curitiba (Apac), realizada no dia 29 de agosto no Ippuc. O Dr. César Parreira, Presidente da SONAFE presente na Reunião Plenária, propôs uma capacitação em Fisioterapia Esportiva, para atender a demanda dos jovens atletas.
Ainda, foi abordada a reunião realizada entre a Dra. Patricia R. Branco e a Unimed, sobre a autonomia dos Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais na determinação do diagnóstico cinésio-funcional e na prescrição do tratamento, uma vez que tais profissionais possuem competência para tanto. A possibilidade de prescrição de exames complementares também foi observada. O Diretor-Presidente da Unimed Paraná, Dr. Paulo Roberto Fernandes Faria, assumiu o compromisso de discutir essas questões com o colegiado da Unimed.
Houve, também, a apresentação do Projeto para atendimento à Lei do Marco Regulatório, que regulamenta as parcerias entre a Administração Pública e as organizações da sociedade civil, desde que sejam de interesse público. Para tanto, o Conselho irá instituir normas gerais para que novas parcerias sejam firmadas, buscando uma melhor estrutura administrativa e financeira aos apoios institucionais prestados e buscando maior transparência e publicidade de seus atos.
Os demais assuntos discutidos foram: Resolução Coffito nº 509/2019, que reconhece a atuação do Fisioterapeuta na Assistência à Saúde nas Unidades de Emergência e Urgência; Minuta de Resolução do Coffito sobre Isenção Anuidade Calamidade Pública; solicitação da Abrafidef de apoio da divulgação do 5º Congresso Brasileiro de Fisioterapia Dermatofuncional; placa de agradecimento entregue a Dra. Patricia Rossafa Branco durante sua participação no 31ª Congresso Brasileiro de Medicina do Exercício e do Esporte e XI Congresso Sudamericano de Medicina Del Deporte; participação do Crefito-8 no evento “Curitiba + Fisio”; Projeto Casa da Moeda, para confecção das Carteira Profissionais Digitais; apresentação de Cartilha sobre o Processo Ético-Disciplinar; apresentação da arrecadação e das baixas de inscrições; algumas outras deliberações gerais.
Na ocasião, também estiveram presentes a Diretora Tesoureira do Crefito-8, Dra. Rubia Marcia Benatti, a Diretora Secretária, Dra. Elfi Gusava, bem como os conselheiros Dr. Guilherme Alvarenga, Dra. Ana Cristina Roesler, Dr. João Eduardo Vieira, Dr. José Mario de Assis e Dr. Cleiton José Treml. Também participaram da reunião os seguintes Coordenadores de Curso de Fisioterapia: Dra. Heloisa Freiria Tsukamoto, Coordenadora da UNIFIL, Dr. Glauber Lopes Araújo, Coordenador da INESUL e Dra. Fernanda Cristiane de Melo, Coordenadora da UEL. Alguns acadêmicos e outros profissionais Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais também se fizeram presentes.
A segunda plenária itinerante foi realizada no dia 19 de outubro, na cidade de Maringá, na presença da Dra. Patricia Rossafa Branco, Presidente do CREFITO-8; Dra. Marcia Maria Kulczycki, Vice-Presidente do CREFITO-8; Dra. Elfi Gusava, Diretora Secretária do CREFITO-8 e dos Conselheiros Dr. João Eduardo de Azevedo Vieira, Dra. Sibele de Andrade Melo Knaut, Dra. Ana Cristina Roesler e Dr. Richard Wagner Züge.
Nesta reunião foram aprovadas as Resoluções CREFITO-8 nº 58/2019 e 59/2019, que dispõem sobre a criação das delegacias do Conselho em Guarapuava e Foz do Iguaçu. Tais resoluções ainda serão revisadas pela Procuradoria Jurídica do Conselho.
Além disso, foi discutida a sentença judicial que anulou o Acórdão COFFITO nº 481/2016, que regula a técnica do agulhamento a seco (“Dry Needling”) como recurso da Fisioterapia. A Dra. Patricia Rossafa Branco comentou, ainda, sobre proposta de Resolução de injetáveis como recurso complementar ao trabalho do fisioterapeuta.
A Presidente também apresentou a arrecadação e as baixas de inscrições do mês de outubro. Assuntos abordados na Plenária de Londrina também estiveram na pauta da reunião em Maringá, como a Descentralização do Departamento de Registro, a migração para carteiras digitais e a aprovação do Marco Regulatório.
As próximas cidades a recepcionarem as Reuniões serão Cascavel e Guarapuava, em datas a serem definidas e divulgadas em nosso site e redes sociais.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página