Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Nota sobre COVID-19 no Estado do Paraná

Publicado: Terça, 23 de Junho de 2020, 18h41 | Última atualização em Quinta, 25 de Junho de 2020, 19h33 | Acessos: 828

NOTA SOBRE COVID-19 NO ESTADO DO PARANÁ

O Grupo de Trabalho da Gestão de Crise - Coronavírus do CREFITO-8, as fisioterapeutas, Dra. Giorgia Caroline Mendes e Dra. Juliana Londero Silva, trazem informações e cuidados que devem ser tomados durante a pandemia

O número de pessoas contaminadas tem aumentado significativamente, não apenas em Curitiba e região metropolitana, mas principalmente no interior do estado – é a chamada interiorização da pandemia.

O impacto nas cidades menores acaba tendo uma percepção maior, visto que nestas localidades a maioria dos moradores se conhece e torna-se dramático o avanço dos casos e de óbitos.

Por isso, mais do que nunca, seguir as recomendações da OMS, Ministério da Saúde, Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde é fundamental. Abaixo estão algumas importantes recomendações feitas pelas fisioterapeutas, Dra. Giorgia Caroline Mendes e Dra. Juliana Londero Silva.

Para a doença provocada pelo novo coronavírus, a COVID-19, ainda não se tem medicamento comprovado ou vacina. O que se pode, comprovadamente, fazer é aumentar o distanciamento social, saindo apenas quando for absolutamente necessário, como para trabalhar, ir ao supermercado e farmácia ou à consultas médicas que não podem ser adiadas. Sempre que sair de casa, vá sozinho ou com o menor número de pessoas possível, não é passeio!

Quando for essencial sair, sempre use máscara, mantenha uma distância segura de 1,5 a 2 metros de outras pessoas, evite tocar em superfícies e ao fazê-lo sempre higienize suas mãos com álcool gel 70%.

Se sair de carro, ou mesmo no transporte público, mantenha as janelas abertas. Ao chegar em casa retire seus calçados antes de entrar e, se possível, retire sua roupa em um lugar reservado e tome um banho, inclusive lavando os cabelos, para então circular pela casa.

Caso alguém da casa apresente sinais e sintomas gripais, deverá manter-se isolado dos demais, em um cômodo exclusivo. Nesses casos, todos os seus utensílios deverão ser separados dos demais moradores.

Outro cuidado importante é com as compras, que devem ser higienizadas em solução de 50% água e 50% de água sanitária. Para deixar alimentos de molho, deve-se diluir uma colher de sopa de água sanitária para cada litro de água.

Além disso, mantenha sua casa ventilada o máximo de tempo possível ao longo do dia, cuide da sua alimentação, mantenha-se hidratado e crie uma rotina de sono. São cuidados que podem salvar a sua vida, da sua família e amigos e diminuir a circulação do vírus na sua comunidade.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página