Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

O CREFITO-8 recebe resposta da secretaria de saúde que atendeu a solicitação quanto a vacinação dos profissionais de saúde

Publicado: Terça, 02 de Fevereiro de 2021, 19h38 | Última atualização em Terça, 09 de Fevereiro de 2021, 12h50 | Acessos: 288

O CREFITO-8 oficiou a secretaria de saúde no dia 27 de janeiro visando garantir que a vacinação dos profissionais de saúde dos serviços de saúde envolvidos diretamente com os doentes graves de Covid-19 ocorra, de forma prioritária em seus locais de trabalho, considerando sobretudo que a ausência desses profissionais em seus postos tem trazido ou pode trazer distorções no bom andamento do serviço. Ainda foi reiterado que o período de vacinação ocorra também nos finais de semana e que tenha o horário estendido nos demais dias.
No mesmo ofício pedimos que Plano Municipal de Saúde seja mais detalhado no sentido de contemplar profissionais que, embora não estejam exercendo seu trabalho exclusivamente em UTI, prestam serviços na assistência a doentes com Covid-19, sob pedido ou orientação de intensivistas.
No que se refere à transparência do plano de imunização, há de se observar os seguintes detalhes: ordem de vacinação, considerando a observância do sequenciamento do público a ser vacinado, conforme os grupos estabelecidos na fase 1 do plano estadual de vacinação; logística de vacinação, levando-se em conta o público específico a ser vacinado na primeira fase (profissionais da saúde) e a dificuldade de organização de agenda diante da atividade profissional; garantir que a segunda dose ocorra sem que seja atrapalhada pela primeira dose de outros grupos; definição quanto ao público a ser vacinado, observando-se os que residem em um município e trabalham em outro, sendo implementadas as correções necessárias no aplicativo Saúde Já.
Ainda, manifestamos a preocupação em manter o exemplo e cumprimento das medidas sanitárias de controle, sendo imprescindível o distanciamento social, bem como a proteção dos profissionais que estão expostos durante longo período como agentes de vacinação.

O ofício foi assinado pelo CREFITO-8 em parceria com o CRM - PR, Coren-PR e Sociedade Paranaense de Medicina Intensiva (SOTIPA).

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página